quarta-feira, 31 de julho de 2013

Casa de Bolos

Hoje temos a participação da Marina Vilar com mais um dos seus achados! Adorei a dica, espero que vocês gostem também!


Eu não moro perto da minha mãe. Muito mais longe ainda da minha avó. E o que fazer com aquela vontade repentina de comer um bolo caseiro, que só elas sabem fazer?
Pois é… acontece que há poucos dias encontrei uma solução perfeita para afagar o estômago quando bate essa vontade. É a Casa de Bolos. Uma loja especializada em vender desses bolos simples, caseiros, da casa da gente. Hum… o sabor é divino e o cheirinho da loja é maravilhoso…
Eu experimentei o de maracujá e a cuca de banana. Dá água na boca só de lembrar.
E aí, não importa se é só para matar uma vontade sua mesmo ou se vai aproveitar para servir o bolo para algum convidado em sua casa: capriche na apresentação! Isto é carinho.

Ah, e falando nisso, os preços são acessíveis! Pelo menos na loja que fui (Moema-SP), o bolo simples custa R$9 e a cuca custa R$14. [julho, 2013]


Casa de Bolos – são mais de 60 lojas.
Consulte a mais próxima no site: http://www.casadebolos.com.br/

domingo, 28 de julho de 2013

Hamburguinho com provolone numa noite de muito frio

Costumo jantar fora às sextas-feiras. Na maioria das semanas, vamos a um bar ou restaurante aqui pertinho de casa mesmo, só pelo gostinho de sair, tomar uma cerveja, curtir a noite e aproveitar aquela sensação de que o final de semana está apenas começando.  

Acontece que com esse frio que está fazendo em São Paulo, na última sexta nós chegamos do trabalho e simplesmente não tivemos mais coragem de sair!! O aquecedor ligado e os roupões de microfibra estavam muito mais convidativos! rsrs




Decidimos ficar por aqui mesmo e testar uma receita nova: hamburguinho caseiro. Super fácil e rápido de fazer!! Usei carne moída (patinho+maminha), alho, sal e pimenta. É só amassar bem a carne, fazer bolinhas e depois achatá-las. Dei uma alisada nas laterais, deixei uns minutinhos na geladeira e logo logo elas foram pra frigideira. Não usei nada de óleo. Quando eles já estavam bem passados (do jeito que eu gosto) cobri com uma fatia de provolone e esperei derreter. A pimenta caseira da tia Maria Alice combinou perfeitamente!






Ah, e uma cerveja de trigo pra acompanhar: Weinhenstephaner. Afinal era sexta-feira e o final de semana estava apenas começando!

quinta-feira, 25 de julho de 2013

O que dar de lembrancinha?

Quando eu era criança e me divertia nos aniversários infantis, achava o máximo ganhar o SAQUINHO SURPRESA pra levar pra casa. Lembram deles? Um saquinho geralmente recheado de guloseimas e, quando dávamos sorte, com um ou outro brinquedinho de plástico. Eles prolongavam a alegria da festa e nós íamos embora com aquela sensação do "ainda não acabou!"
A infância ficou lá pra trás mas não acho que é por isso que devemos deixar de oferecer aos convidados um "saquinho surpresa". 

Com o tempo, ele tomou formas diversas, ficou mais bonito e continua causando sorrisos e olhinhos brilhantes ao final das festas. Num casamento, eu não diria que ele substitui o tradicional bem-casado, ele é um mimo a mais. Alguns mais caros, outros mais baratinhos, outros que você mesma pode fazer!

Nos EUA eles são os famosos wedding favors, alguns de deixar qualquer adulto com aquela felicidade de criança! 

Que tal uma rolha e saca-rolhas? Numa caixinha que é um arraso!


E também para casamento, uma caixinha com dois sabonetes em formato de pera! Reparem no detalhe da embalagem que diz "The perfect pair". Não é uma graça?

Os potinhos no estilo "faça-você-mesma", são bem-vindos em qualquer ocasião. Fica lindo com uma etiqueta na frente ou um pedaço de tecido amarrado na tampa. Aí você pode recheá-los com mel, brigadeiro mole, amêndoas, balinhas, confeitos... O que a imaginação permitir!

Vejam esses leques! Babei na delicadeza deles. Lembra as festividades japonesas. Que tal distribuí-los naqueles dias de muito calor? Para as mais prendadas, dá para fazer em casa mesmo um assim bem lindo. 

E uma velinha bonita numa caixa decorada?

Para os amantes da natureza, para os que acreditam na importância da preservação do verde e para os que praticam a sustentabilidade, um vasinho de planta!!


E tem também as latinhas de pastilhas, cada vez mais populares.


Agora, olhem só esses sacos de pipoca personalizados para um Chá de bebê? About to POP!
Achei a ideia incrível!


Fotos via www.myweddingfavors.com

E por último, um bloquinho de notas personalizado. Super útil, ótima lembrancinha para qualquer festa e daqueles que, tendo capricho, dá pra fazer em casa!


Diga, você também não ficou com vontade de receber um saquinho surpresa assim?

Beijos e ótima sexta-feira!!

PS: este post foi publicado em julho de 2011, quando a Marina e eu estávamos começando o blog. E como toda semana tem gente pedindo dicas de lembrancinhas, achei que valia a pena postá-lo novamente! :) Mel


sexta-feira, 19 de julho de 2013

"Chili con carne" - uma das minhas paixões de inverno!

Fui apresentada ao CHILI há cerca de 8 anos, quando morava em Minnesota. No estado mais frio dos EUA, com quase 6 meses de inverno, as pessoas precisam de receitas quentinhas e deliciosas para aquecer o corpo e a alma. Pois foi amor à primeira provada, rsrs.


O "chili con carne" ou, como é mais conhecido, "chili" é uma combinação (perfeita!!) de feijão, carne (geralmente carne moída), tomate e claro, pimentas e pimentões! A origem do prato é polêmica. Parece que a maioria acredita se tratar de um prato mexicano, mas ele tem bem cara de coisa americana, viu... O estado do Texas adotou o Chili como seu prato oficial e o fato é que hoje ele faz parte do que chamamos culinária Tex-Mex, minha favorita!

O Chili aqui em casa tem lugar de destaque em noite temática mexicana. (meu Crokpot de 4 litros já ficou pequeno pra fazê-lo e satisfazer a demanda da turma!!!)  Receita também infalível pra agradar o marido. 

O melhor é que há espaço pra abusar das combinações que o prato oferece! 
Vejam essas fotos inspiradoras que eu encontrei no Celebrations at Home:











Chili vai bem com nachos, batata-frita, hot-dog, burritos, batata assada, tacos, quesadillas e até como molho de macarrão. 

Se você nunca comeu um chili por aí, vale muito a pena experimentar! 
E como prometido há um tempão, aqui está a minha receita:

3 copos de feijão cozido;
1/2 quilo de carne moída refogada;
1 cebola grande picada;
1 pimentão grande picado; (às vezes coloco dois, um vermelho e um verde)
4 tomates picados;
1 tablete de caldo de carne;
1 pedaço de pimenta jalapeño;
sal, alho e pimentas a gosto.

Colocar tudo numa panela de cozimento lento (slow-cooker) e deixar lá por aproximadamente 6 horas. Eu nunca fiz em outro tipo de panela, então não sei qual é o resultado, mas acredito que a maioria dos restaurantes use panelas convencionais mesmo, né?

Um ótimo final de semana! Aproveite bem os dias frios que estão por vir! 
Mel

terça-feira, 16 de julho de 2013

Lanternas de papel: uma opção econômica pra decorar festas infantis e festas juninas.

Bom dia, pessoal!! 
Lembram das lanterninhas de papel que eu fiz pra decorar a festa junina aqui em casa? Algumas pessoas me pediram o passo-a-passo de como fazê-las e aqui ele está! Além de fácil e baratas pra produzir, elas podem ser usadas pra decorar vários tipos de festas, vocês não acham? Imaginem algumas dezenas dessas lanternas, coloridas, penduradas junto com os balões de ar num aniversário infantil? Charme garantido!


Você vai precisar de papel colorido cortado nas dimensões 30 x 15cm. Eu usei papel Color Plus.


Trace uma margem de 2 cm de cada lado e dobre o retângulo ao meio (na horizontal):


Corte faixas de aproximadamente 1cm entre si, sem cortar as margens.


Faça dois furos em uma das margens, a 7,5 cm do início do papel:

Junte as duas extremidades. Cole ou grampeie as tiras, formando assim a lanterna:


Passe a fita pelos furos e amarre. Se quiser incrementar dá pra pintar, colocar um papel de cor diferente, etc. Eu colei uma tira de tecido chita na base inferior. Achei que assim elas ficaram mais charmosas e combinaram com o restante da decoração junina:


Fácil, fácil, né? 

Beijos e uma ótima terça-feira pra vocês!
Mel

terça-feira, 9 de julho de 2013

Massa com brócolis, limão e sálvia - uma delícia de receita!

Receita boa é o que não falta na cozinha da nossa colaboradora Ju Castro. Fiquei com água na boca assim que vi as fotos! Ela traz pra gente uma massa pra lá de especial e que promete agradar os paladares dos mais requintados. Ah, e claro, com aquela lista de dicas pra que a sua receita saia igualzinha a dela! Obrigada, Ju!

Oi pessoal!
Depois da época das festas juninas, com  toda fartura dos comes e bebes deliciosos e obrigatórios nas quermesses e reuniões de familia,  que tal preparar uma receita mais leve para quebrar o ritmo?  A receita original é de Rita Lobo. Super prática e nutritiva, ela está sempre no cardápio aqui em casa.  


Molho de brócolis

Ingredientes (medidas para 2 pessoas)
120g de brócolis cortado (60g por pessoa)
1 colher de chá de alho picado
12 folhas de sálvia (6 folhas para cada pessoa)
4 folhas de louro (2 folhas de louro para cada pessoa)
1 colher de café de raspas de limão
4 colheres de sopa de azeite
2 colheres de sopa de queijo parmesão ralado (ralado na hora fica mais saboroso)
Sal e pimenta do reino a gosto

Modo de fazer: juntar todos os ingredientes em um refratário e misturar bem, até que o tudo fique bem envolvido no azeite. Assar em forno baixo pré aquecido – temperatura : 180 graus, por 25-30minutos, até o brócolis fique crocante. Detalhe: brócolis assado não deixa cheiro em casa. J


Massa
Ingredientes (medidas para 2 pessoas)
140g de macarrão de sua preferência  - sugestão talharim (70g para cada pessoa)
2 litros de água
2 colheres de sopa de sal (para cada litro de água o ideal é adicionar 1 colher de sopa de sal. Assim a água salgará a massa, que ficará mais saborosa)

Modo de fazer: enquanto o brócolis estiver no forno, coloque a água com o sal para ferver. Assim que a água levantar fervura, com bolhas grandes, coloque a massa para cozinhar. É importante observar o tempo de cozimento na embalagem, para que a massa fique no ponto, ou seja, nem dura nem mole demais, tá?


Assim que o brócolis estiver pronto, a massa deverá estar também. Escorra o macarrão e misture no mesmo refratário em que está o brócolis - assim aproveitamos todo o molho e sabor deixado. Pronto para servir! 
Ah, vale abrir um vinho para acompanhar e esquentar. J  Manja que te fa bene!!!!


Dicas *preciosas* da Ju Castro:


1 - Aprensentando a sálvia! Erva super cheirosa que tempera finamente. Tenho um vasinho dela em casa, assim sempre tenho sálvia fresquinha para usar na cozinha: 




2-  Corte o brócolis de forma que seja possível colocar o pedacinho inteiro na boca. Desse jeito você evita o uso da faca durante a degustação:
 

3 - Raspe somente a parte verde da casca do limão, em ralo fino, evitantando amargar todo o resto:
 

4 - Assim que a massa estiver cozida, salve 1 xícara da água do cozimento. Esta água poderá ser usada caso o molho não tenha sido suficiente:
 

5 - Use um descascador de legumes para conseguir lascas maiores do parmesão, que vão enfeitar  e dar um sabor mais marcante:
 

6 - Use as folhas de louro para enfeitar o prato como feito com as lascas de queijo parmesão. Regue com um fio de azeito e voilá, prontinho pra servir:
 

Meninas, eu adorei essa receita da Ju! Espero que vocês também gostem! Esta semaninha eu estou de férias (obaaa!!) e deixei esse post programado. Assim que eu voltar prometo ler todas as mensagens e responder uma a uma, ok? 
Beijos e ótima semana! Mel