sábado, 3 de setembro de 2011

O jantar está servido: nos ramekins

Já te apresentaram aos ramekins? Eles são esses pequenos potes de cerâmica, feitos para resistir às altas temperaturas do forno e do maçarico. Eles tem sido cada vez mais usados aqui no Brasil no prepararo e serviço de vários pratos, guarnições e entradinhas. Simpáticos eles, não? 
E sabe um dia daqueles que você não tem muito tempo pra cozinhar, tem poucas coisas na geladeira e tá um frio danado lá fora? Pois é. Semana passada fez bastante frio por aqui e eu tive um dia exatamente assim.

O frio me dá vontade de uma comida quentinha, de preferência com carne e/ou queijo. Por que será? Aí então eu decidi inventar alguma coisa com os poucos ingredientes que tinha. Olha só no que deu:




Cortei em tiras um pedaço de filet mignon que já estava temperado e refoguei. Aí achei esse creme de queijo na despensa e, além de leite, como mandava a embalagem, acrescentei um pouco de vinho branco e depois de pronto uma caixinha de creme de leite.

Depois foi só colocar nos ramekins uma camada da carne e cobrí-la com o creme de queijo. Para enfeitar, coloquei três amendoas defumadas por cima.  Mas depois achei que ia ser pouca comida. No frio a gente tem mais fome, né? O que ainda tinha na geladeira era uma cebola e duas batatas. Então inventei mais um pouquinho:


Dourei a cebola com molho shoyo enquanto as batatas cozinhavam. Cortei as batatas em rodelas e as juntei na mesma panela da cebola. Depois de refogar um pouquinho, juntei o que havia sobrado do creme de queijo e acrescentei um pouco de leite para ficar mais líquido. Da panela, elas foram direto pros meus ramekins e ficaram assim:

Alguns minutinhos no forno e voilá! Ficaram ótimas! Um vinho pra acompanhar, uma sobremesa de chocolate e a ótima companhia do marido completaram a noite. O que mais posso querer de um dia de frio em casa?



PS: E você, já tem ramekins? Está usando? Não vai me dizer que ele só tá servindo pra guardar restinho de comida na geladeira, hein! :)